Charlie Sheen despedido de série de TV

A estrela de Hollywood foi despedida da série 'Dois homens e meio' pela Warner Bros, depois de uma guerra marcada por repetidas hospitalizações do actor e uma agressiva campanha contra o estúdio.

De acordo com um comunicado da Warner Bos citado pela Associated Press (AP), o despedimento tem efeitos imediatos e foi decidido após "cuidada avaliação", apesar de não ser ainda conhecido qual será o futuro da série, agora sem personagem principal.

O actor principal de Dois Homens e meio, em exibição nos Estados Unidos desde 2003 e que também passou em canais dos serviços cabo em Portugal e na RTP2, transformou nos últimos tempos todos os meios de comunicação ao seu alcance numa espécie de megafone pessoal.

Em declarações à AP, o actor usou um palavrão começado pela letra "f" para se referir à empresa, declarando que "eles perderam". Nessa curta intervenção ainda chamou os patrões de "trolls" (ogres). Charlie Sheen pensa avançar com um "grande" processo contra a Warner Bros e já ameaçou que o seu próximo passo será "muito grande".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG