RTP reduz 100 viaturas entre 2010 e 2014

A televisão pública tem agora 251 veículos e está a estudar a introdução de carros elétricos.

A RTP diminuiu o número de veículos entre 2010 e 2014, contando agora com 251 viaturas, das quais 28 estão atribuídas a trabalhadores, e está a estudar a introdução de automóveis elétricos, disse hoje à Lusa fonte da empresa.

"Desde 2010 que a RTP tem tomado uma série de medidas visando um rigoroso controlo da gestão dos seus veículos automóveis e de racionalização da despesa nesta categoria do seu orçamento", afirmou a mesma fonte, acrescentando que o número de automóveis (pessoais e técnicos) atingiu o nível "mais baixo da última década".

No recente concurso público realizado pela RTP este ano para a sua frota, a mesma fonte adiantou que "o único critério foi o preço", o que representou uma diminuição de 100 viaturas.

"Atualmente, a RTP tem 251 viaturas das quais apenas 28 estão atribuídas a trabalhadores, menos de metade do número quando comparado com o verificado no início de 2012", acrescentou.

Os restantes veículos correspondem a viaturas técnicas, onde estão incluídos os carros satélites e as de reportagem.

"A RTP, através de concurso público lançado este ano, conseguiu uma redução de 20% na renda mensal das viaturas agora contratadas atribuídas a trabalhadores", adiantou a mesma fonte, acrescentando que a empresa vai manter a opção por automóveis de baixa cilindrada, com menos emissões de dióxido de carbono e com consumo de combustível eficiente.

"Está ainda a estudar a introdução na frota de veículos elétricos", acrescentou a fonte da empresa.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG