"Nunca sugeri nem discuti" nomes para a administração da RTP

O ministro Miguel Poiares Maduro disse hoje na comissão parlamentar de ética que só teve conhecimento dos nomes do Conselho de Administração da RTP depois de terem sido escolhidos.

O ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, afirmou hoje que nunca discutiu, nem sugeriu, nomes para o novo Conselho de Administração (CA) da RTP.

"Nunca sugeri, nem discuti qualquer nome do Conselho de Administração [da RTP], nada, só soube dos nomes depois de terem sido escolhidos", disse o ministro em resposta ao PCP, na comissão parlamentar para a Ética, a Cidadania e a Comunicação.

Também o presidente do Conselho Geral Independente (CGI), António Feijó, já tinha sublinhado, na mesma comissão parlamentar, na semana passada, que a escolha do novo CA tinha sido apenas e exclusivamente feita pelo órgão supervisor da RTP.

"Às vezes parece-me que o PCP tem alguma dificuldade em aceitar um modelo independente", como o do CGI, que é escrutinado pela Assembleia da República, disse o ministro.

"Porque, se calhar, vai perder um tema que durante muitos anos foi útil politicamente", acrescentou o governante, lembrando que a RTP sempre foi "objeto de combate político", o que "foi extremamente prejudicial" para a empresa.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG