Revista pede desculpa a Penélope Cruz e Javier Bardem

A espanhola 'Hola!' afirmou em comunicado que ao publicar imagens da cara do bebé do casal "não terá actuado com a prudência necessária, podendo ter infringido a lei". O caso pode seguir para tribunal.

"A Hola! reconhece que ao publicar a cara do bebé não terá actuado com a prudência necessária, podendo ter infringido a lei". Esta é parte da rectificação que a revista espanhola apresentou hoje publicamente à Imprensa e ao casal de actores Penélope Cruz e Javier Bardem, na sequência de ter publicado imagens do bebé Leo, com quase três meses.

Nesta declaração, a revista vinca que "as imagens não foram autorizadas" e que "foram captadas e publicadas sem o consentimento, violando o direito à intimidade familiar": A Hola! compromete-se ainda a "não publicar mais fotos do bebé ou a fazê-lo apenas conforme a lei".

Antes do nascimento de Leo, a 22 de Janeiro, em Los Angeles, Penélope Cruz e Javier Bardem avisaram a Imprensa que seriam implacáveis e levariam a tribunal quem fizesse e publicasse imagens paparazzi.

A primeira revista que arriscou foi a espanhola Diez Minutos, que fez capa com o casal, mas o bebé não era visível. Agora, a Hola!, a revista de social mais vendida em Espanha, pisou ao risco ao ter ilustrado o momento familar com uma imagem do bebé bastante clara e definida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG