Registadas 53 situações em que a audiência foi zero

Entre janeiro e fevereiro, a Marktest registou zero espectadores em 53 situações diferentes.

O presidente da Comissão de Análise de Estudos de Meios (CAEM), Luís Marques, explicou que não foram uma, nem duas, nem três falhas na medição das audiências por parte da Marktest. "Entre janeiro e fevereiro ocorreram 53 situações de O audiência. Há operadores que estiveram três horas sem espectadores", revelou o responsável.

Ocorrências que sucederam durante os meses em que a Marktest era responsável pela medição de audiências. Ou seja, era a anterior empresa e não a actual, GFK, referida por lapso pelo DN. pt. A falta de espectadores durante 30 minutos em Portugal no Coração, na passada terça-feira, na RTP1, não foi caso único. Tal deve-se a uma falha técnica, externa à amostra. "Houve uma falha de emissão de satélite, através da qual são gravados os 150 canais", conta. Como o novo sistema de medição é baseado no reconhecimento do som, tal não aconteceu por falta do comparativo.

Em conferência de Imprensa dada, a CAEM respondeu à polémica em torno das novas audiências e que culminaram numa quebra acentuada de auditório para a RTP. Contudo, o volume de espectadores que vê televisão aumentou com este novo estudo. "Este painel demosntra que há mais 200 mil pessoas a ver televisão", adiantou Luís Marques.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG