Jornal teve erro na capa durante mais de 100 anos

Um engano matemático de um jornalista, em 1898, fez saltar o número da edição da publicação de 14499 para 15000. Até ao ano 2000, o jornal norte-americano teve 500 edições fantasma

O erro de cálculo só foi identificado pelo The New York Times no início do século, altura em que os responsáveis escreveram uma nota justificativa aos seus leitores na capa. No entanto, o percalço foi esta semana revisitado pelo jornal The Atlantic, que voltou a revelar todos os pormenores.

No primeiro jornal do ano 2000, podia ler-se: "O erro foi detectado recentemente quando Aaron Donovan, um assistente, ficou curioso pela numeração, que ele atualiza todas as noites. Usando uma folha de cálculo, ele determinou o número de dias que passaram desde a fundação do The Times, a 18 de setembro de 1851. (...) Finalmente, ao analisar livros de capas históricas e excertos de filmes, o senhor Donovan localizou a data em que se saltaram 500 edições".

Finalmente, a informação presente na capa do jornal vencedor de 112 prémios Pulitzer foi retificada, mas não sem antes ter comemorado a sua 50000.ª edição que, na realidade, era a 49500.ª.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG