RTP, SIC e TVI pressionadas a entenderem-se

Carlos Magno, da ERC, promoveu, juntamente com Manuel Sebastião, presidente da Autoridade da Concorrência, uma "reunião informal" com os responsáveis das televisões para que se entendam quanto à medição de audiências.

A polémica em torno das audiências, que estalou após a mudança do sistema de medição Marktest para o painel GfK foi analisada à margem da V Conferência Anual da ERC.

"Estamos há um ano e meio a evitar intervir. Este período em que se tem discutido a credibilidade das audiências é manifestamente excessivo e o que quisemos dizer aos operadores é que, da parte da ERC e da Autoridade da Concorrência é que, se nós formos chamados outra vez a intervir, a nossa atuação será diferente. E nós não queremos intervir", contou Carlos Magno após a "reunião" que durou dois minutos.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

"Gilets jaunes": se querem a globalização, alguma coisa tem de ser feita

Há muito que existe um problema no mundo ocidental que precisa de uma solução. A globalização e o desenvolvimento dos mercados internacionais trazem benefícios, mas esses benefícios tendem a ser distribuídos de forma desigual. Trata-se de um problema bem identificado, com soluções conhecidas, faltando apenas a vontade política para o enfrentar. Essa vontade está em franco desenvolvimento e esperemos que os recentes acontecimentos em França sejam mais uma contribuição importante.