Governo define novo regime de incentivos em junho

Ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional, Poaires Maduro, diz que novos eixos de apoio à comunicação social assentam em "apoios à formação e qualificação de jornalistas e profissionais, à colaboração e partilha de recurso, difusão, jornalismo independente e à reconversão tecnológica".

"As empresas de comunicação social e audiovisual passam a ser elegíveis para efeitos de obtenção de fundos europeus", sobretudo pela via do "Programa Operacional Temático da Competitividade e Internacionalização e Programas Operacionais Regionais".

Em audição esta manhã na Comissão de Ética, Poiares Maduro calendarizou a apresentação das iniciativas legislativas para junho e sustentou que "o apoio à migração dos media para novas plataformas, a aposta na formação e qualificação dos jornalistas e o apoio à produção de jornalismo de investigação" estão entre as prioridades para as candidaturas a um fundo que rondará os seis mil milhões de euros.

"Entendemos que a associação desta atividade económica com a língua podem gerar mais potencial de reforço da nossa economia. É por isso também que abrimos aos fundos ao setor audiovisual", afirmou.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG