Cortes de salários da RTP são notícia em Espanha

Numa altura, em que também os rostos da estação pública espanhola TVE veem o seu ordenado diminuir, as reduções de salários de apresentadores da RTP são manchete na seção de televisão de um dos principais jornais espanhóis.

"Estrelas da TV portuguesa aceitam redução de 30% no salário", é o título da manchete destacada na secção de televisão do jornal espanhol ABC.

Sob o pretexto da entrevista que o presidente da RTP Alberto da Ponte deu ontem à estação pública - onde não colocou de parte a hipótese de no futuro existir um despedimento coletivo - a publicação relembra os cortes que as grandes caras do canal já sofreram nos seus salários para a estação poder reduzir os gastos.

Os ordenados de Catarina Furtado (30.000 euros por mês, Fernando Mendes e José Carlos Malato (20.000), Jorge Gabriel (18.000) e Sónia Araújo (14.000) são alguns das caras da RTP1 que já sofreram uma redução de 30% no ordenado e que se encontram destacadas no artigo do jornal espanhol.

No ano passado coube à TVE anunciar um grande corte nos salários dos seus principais rostos. Mariló Montero, apresentadora do programa La mañana, do canal LA 1, chegou mesmo a admitir em entrevista à publicação espanhola Vanitatis, que o seu ordenado fora reduzido em 40%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG