Marktest diz-se disponível para manter medição de audiências

Empresa diz que tem "recebido pedidos dos clientes" para entregar audiências. Afastada após concurso que entregou medições à GfK, Marktest diz ter investido meio milhão de euros.

A batalha das audiências está longe do fim. A Marktest, empresa que tem medido audiências nos útimos 13 anos, vincou, ao final da tarde, que se mantém disponível para colaborar nas medições e que tem "recebido pedidos dos clientes para entregar os seus dados diariamente". Isto apesar de o organismo que autorregula este mercado, a Comissão de Análise do Estudo dos Meios (CAEM), ter sublinhado que só há um estudo de audiências oficial em Portugal: o da GfK.

Em nota enviada à Imprensa, a Marktest revelou que "apresentou uma proposta de formalização contratual" à CAEM, que - pode ler-se no comunicado - "não foi aceite nem, tão pouco discutida".

Uma proposta que, garante a empresa, terá sido apresentada na sequência de um "investimento tecnológico de aproximadamente 500.000 euros" e após dois meses a trabalhar exatrordinariamente até que o estudo da GfK fosse aprovado pelos parceiros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG