Jornal do Vaticano vai ter suplemento para mulheres

Pela primeira vez na História da Igreja Católica, o jornal do Vaticano, o Osservatore Romano, inaugurou um suplemento mensal de quatro páginas dedicado às mulheres do mundo católico e não só.

O suplemento feminino do Osservatore Romano, que será publicado em italiano com a edição da última quinta-feira do mês, pretende dar a conhecer o "tesouro pouco conheceido" da presença e influência das mulheres na Igreja. A explicação foi dada pelo diretor do jornal, Giovanni Maria Vian.

A conceção do suplemento fica a cargo de Lucetta Scaraffia, a historiadora que se define como feminista e é já editorialista no Osservatore. Terá a colaboração de Giulia Galeotti

O projeto recebeu o apoio do Papa. E Vian até recordou aos jornalistas as palavras de Bento XVI na Terra Santa em 2009: "A Igreja e a sociedade como um todo precisam do carisma profético das mulheres".

A Igreja católica com 740 mil religiosas, contra 460 mil religiosos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG