Sindicato dos Jornalistas diz que Prisa 'não joga limpo'

O Sindicato dos Jornalistas denunciou hoje, através de comunicado, as abordagens feitas a jornalistas da TVI tendo em vista o despedimento "disfarçado" de rescisões por mútuo acordo.

"A TVI, do grupo português Media Capital, tem vindo a abordar vários jornalistas e outros trabalhadores com vista ao seu despedimento disfarçado de rescisões por mútuo acordo e de não renovação de contratos de trabalho a termo, usando métodos que demonstram que o grupo espanhol Prisa não está a jogar de forma limpa no anunciado processo de redução de pessoal", lê-se no comunicado emitido pela direção do Sindicato dos Jornalistas (SJ).

A entidade recordou que a 25 de Janeiro passado, a Prisa tornou público que tencionava despedir cerca de 2500 trabalhadores nas suas empresas em Espanha (duas mil), Portugal e América Latina (500 na soma de ambos) e assegurava que esse plano fora comunicado aos sindicatos e aos representantes dos trabalhadores.

"Até hoje, nem a Prisa nem a sua participada Media Capital comunicaram ao Sindicato dos Jornalistas (SJ) nem o plano nem a sua configuração para Portugal, mas a TVI começou já a abordar profissionais mais antigos - em idade e em carreira na empresa - apresentando-lhes propostas de rescisão dos respectivos contratos de trabalho", revelou o SJ.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...