Administração da RTP contra modelo de concessão

O Conselho de Administração da RTP declarou, em comunicado enviado às redações, "a sua discordância relativamente a este cenário", anunciado por António Borges.

A administração da RTP confirmou hoje ao final da tarde que a hipótese de "concessão" da estação pública "é um dos modelos cuja análise foi pedida pela tutela".

No mesmo comunicado enviado às redações, o organismo presidido por Guilherme Costa considerou "descabido do ponto de vista institucional a divulgação pública de opiniões favoráveis a um dos cenários em análise, sentindo-se por isso obrigado a divulgar publicamente que manifestou, em tempo oportuno, a sua discordância relativamete a este cenário".

O CA sublinhou ainda não reconhecer vantagens económicas no modelo de concessão apresentado por António Borges, consultor do governo para as privatizações, na TVI, na quinta-feira passada, quando comparadas com o que está já desenhado no Plano de Sustentabilidade Económico e Finaneiro.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.