Catarina Furtado em viagem ao interior da Índia

A estrela do canal público acompanhou, na qualidade de embaixadora, o trabalho desenvolvido pelo Fundo das Nações Unidas para a População [UNFPA] nas áreas rurais de Maharashtra.

Na próxima emissão de Príncipes do Nada, que a RTP1 emite na segunda-feira, partir das 21.00, Catarina Furtado mostra que em parceria com as associações locais, o trabalho do UNFPA no terreno passa pela promoção familiar,investimento no acesso a cuidados de saúde e combate à pressão social sobre a mulher.

Ao longo da emissão, a apresentora da estação pública acentua que o envolvimento masculino é determinante para a mudança de comportamentos. A organização não-governamental Nari Samata Manch está a mobilizar homens de todas as gerações e são já muitos os sinais de viragem de mentalidades na vida dos casais.

Ainda no mesmo programa, Catarina Furtado regressa a Moçambique onde se rende à dedicação de Dona Nilsa, uma portuguesa que vive há 44 anos em Chimoio. A sua grande causa é considerar que que a educação em geral e a educação das raparigas em particular é a estratégia mais eficaz para o desenvolvimento das sociedades.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG