transparência

Premium

Parlamento

Transparência. Volte-face no PS protege deputados advogados

Comissão para a Transparência votou três diplomas. O último, o Estatuto dos Deputados, acabou muito diferente do texto que estava em cima da mesa, reabrindo o cenário de os profissionais liberais exercerem em sociedades que trabalham para o Estado. O que tinha começado como uma convergência da geringonça transformou-se num entendimento do Bloco Central.

notícias

Quer saber quem tem os seus dados de Facebook?

Tecnológica norte-americana vai alargar a sua funcionalidade de transparência em anúncios para que utilizadores estejam mais conscientes de quem tem e de como são usadas as suas informações. O caso Cambridge Analytica e todos os escândalos de privacidade nos quais o Facebook esteve envolvido desde então obrigaram a rede social a trabalhar mais e melhor na área da transparência. A partir de 28 de fevereiro os utilizadores vão poder saber que empresas é que carregaram para a plataforma dados dos utilizadores para direcionamento de publicidade. A partir dessa data, quando o utilizador carregar no botão "porque estou a ver isto?" vai [...]

Opinião

O populismo e o Dr. Pavlov

Sim, reconheço: há um certo masoquismo entre os projetos do PS para a chamada "transparência" da classe política (e dirigentes públicos em geral). Não entendo, por exemplo, porque é que o projeto sobre a "representação de interesses" (lobbying) só abrange esta atividade quando exercida sobre deputados da Assembleia da República. Posso estar muito enganado, mas palpita-me que o lobbying a sério se exerce muito mais sobre os poderes executivos (governo, administração pública, empresas públicas, autarquias, etc.) do que sobre os legislativos (Parlamento, assembleias municipais).

Portugal

"Não é o momento para egos. Os três grandes têm de se unir"

Emanuel Medeiros esteve nove anos na direção executiva da Associação das Ligas Europeias de Futebol Profissional, de onde saiu em junho de 2014 para a liderança das operações do Centro Internacional para a Segurança no Desporto na Europa e América Latina. Tem denunciado a falta de transparência na liderança das sociedades desportivas, tal como a corrupção e o problema, cada vez maior, das apostas ilegais. Perante tantos desafios, quer ver presidentes de Benfica, FC Porto e Sporting unidos. E gostava de os ouvir falar sobre estes temas.