tourada

tauromaquia

Quando Curro Romero saiu em ombros... até aos Restauradores

5 de julho, ano de 1958. Há 60 anos, a tradição ainda era forte e não deveria haver muitos lisboetas que não soubessem quem atuava nessa noite no Campo Pequeno. Mas mesmo entre esses pode ter havido quem estranhasse aquela barulhenta movimentação que saltou da praça de touros para as ruas. Afinal, naqueles tempos as manifestações não eram comuns... E, no entanto, eis uma multidão em urros de entusiasmo, correndo pelas avenidas, invadindo praças e ganhando novos adeptos à sua passagem. Enchem a Avenida da Liberdade, descem-na pelo asfalto e chegam aos Restauradores. O que se passa?