Sofia Matos

Sofia Matos

Peçam desculpa a Rui Rio

Perante a pressão pública, é muito fácil ceder ao imediatismo. Difícil é antever e agir preventivamente. Foi isso que fez o presidente do PSD há três anos. Ainda não tinha aquecido a cadeira e logo nos primeiros meses à frente do partido, ainda em 2018, Rui Rio reuniu-se com todos os agentes do setor da Justiça com o objetivo de apresentar contributos para uma reforma profunda da mesma. Aliás, essas audições consubstanciaram-se num documento que o PSD chegou a tornar público, após se terem frustrado as hipóteses de consenso com os restantes partidos com assento parlamentar.