Segurança Interna

Paulo Botelho Moniz

SIRESP: "Um novo ajuste direto será incompetência sem paralelo"

Deputado do PSD pelos Açores, Paulo Botelho Moniz acompanha há vários anos o processo SIRESP e a sua competência técnica - é engenheiro de eletrotécnico especialista em comunicações de emergência - não deixou margem para dúvidas aos líderes do seu partido para lhe irem renovando esta tutela no parlamento. Integrou o grupo de trabalho da ANACOM, na sequência dos incêndios de 2017, para propor medidas que melhorassem a rede SIRESP. É à prova de rasteiras técnicas e conhece o sistema melhor que ninguém.

Segurança Interna

Gangues e criminalidade juvenil voltam a escalar. 832 detidos em 2021

Crimes cometidos por jovens entre os 12 e os 16 anos subiram 7,3% em 2021, o segundo maior aumento da década. Associado a este fenómeno a criminalidade grupal voltou também a crescer (7,7%). O Relatório Anual de Segurança Interna regista uma subida de 0,9% da criminalidade geral participada mas uma descida de 6,9% na criminalidade violenta e grave. As polícias tiveram menos gente para combater o crime, mas fizeram mais detenções.

Diretor da UNC3T da Judiciária

"Em dois anos mais que duplicaram os cibercrimes"

Carlos Cabreiro é um dos históricos do combate ao cibercrime da Polícia Judiciária (PJ). Há 27 anos que investiga esta criminalidade e dirige a Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade tecnológica (UNC3T) desde a sua criação em 2017. Na oportunidade da conferência "Cibersegurança: Capacidades de Defesa a Ataques Cibernéticos", que se realiza nesta quarta-feira na PJ, deixa alguns alertas