saúde pública

Opinião

O segredo da memória de elefante

Com a chegada da época dos exames e avaliações escolares, os lamentos são habituais: «Ah! Se eu tivesse mais capacidade de concentração!» «Ah! Se eu tivesse mais memória!» É neste contexto que, muitas vezes, os jovens encontram nos anúncios de televisão a solução para estas «limitações»: suplementos alimentares. Prometem aumentar as capacidades cognitivas, mas também resolver problemas de cansaço, melhorar o sistema imunitário, resolver estados depressivos. O problema é que não existem ensaios clínicos que confirmem que estes suplementos são eficazes naquilo a que se propõem. Jovens e pais acabam por cair na falácia de tentar «comprar» memória em caixinhas. [...]