Roménia

Missão da NATO

Portugueses partem para a Roménia sem fatos contra ataques químicos

Numa altura em que a utilização de agentes químicos pela Rússia na Ucrânia foi denunciada e está sob investigação e quando a ameaça nuclear faz parte do discurso de Putin, 222 militares portugueses vão integrar uma missão de "dissuasão" da NATO na Roménia sem que o Exército tenha acautelado a necessidade de equipamento de proteção contra estes agentes