relatório

Saúde

Obesidade, falta de vacinas e médicos. Os problemas das crianças portuguesas

Há mais de 150 mil crianças que não têm médico de família em Portugal, o acesso a psicólogos é "insuficiente", há uma prevalência elevada de obesidade nas crianças mais novas e uma disparidade geográfica na vacinação, nomeadamente na vacina do sarampo, conclui o Conselho Nacional de Saúde, num estudo divulgado mesta quarta-feira.