relatório ocde

Relatório

OCDE recomenda abolir renovação dos contratos coletivos

O Governo deve "promover mais a negociação salarial a nível das firmas, abolindo a extensão administrativa dos contratos coletivos" que vigoram a nível sectorial, recomenda a OCDE no relatório "Portugal: reformar o Estado para promover o crescimento", hoje publicado. A instituição sedeada em Paris pede ainda a Passos Coelho que mantenha o salário mínimo congelado até à retoma do mercado laboral e que corte na Taxa Social Única dos trabalhadores com salários mais baixos.