Pedrógão Grande

“O território continua abandonado”

Pedrógão Grande. Cinco anos depois, persiste medo que tragédia se repita

Associação das Vítimas vai homenagear a equipa de Saúde Mental liderada pela psiquiatra Aba Araújo. Mas o momento soa a protesto junto da tutela, porque desde há meses que o horário de funcionamento da equipa foi reduzido. Quanto ao resto, cinco anos depois, "muito pouco foi feito", denuncia a presidente, Dina Duarte.

O que diz o acórdão

Pedrógão: Ex-autarcas elaboraram plano para fazer chegar mais dinheiro ao concelho

"Toda a conduta dos arguidos (...) aponta num único sentido - do plano elaborado pelos arguidos Valdemar Alves e Bruno Gomes de fazer chegar ao concelho de Pedrógão Grande mais dinheiro do que aos demais concelhos, através da aparência da necessidade de reconstrução de habitações não permanentes ardidas", lê-se no acórdão, de 338 páginas, disponibilizado à comunicação social.

Incêndios

Pedrógão, três anos depois. E se tudo voltar a falhar?

A Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrógão está empenhada em replicar o projeto das aldeias resilientes. Que para já são apenas quatro, nos três concelhos. Dina Duarte, que agora preside à direção, diz que em três anos pouco mudou na região: não houve reflorestação, nem planos de limpeza. E apela a que sejam usados os milhares de euros que ainda estarão à mercê do Fundo Revita, dinheiro que foi doado pelos portugueses.