Palma De Ouro

Cartaz

Conflito israelo-palestiniano em novo filme de Madonna

Madonna afirmou ao diário israelita Yediot Aharonot que tenciona fazer um documentário sobre o conflito israelo-palestiniano, consagrado principalmente às crianças. A cantora disse ainda que a ideia para uma nova produção surgiu "ao ver um documentário emocionante sobre crianças israelitas e palestinianas sentadas lado a lado na mesma escola". As declarações foram prestadas à margem da apresentação no Festival de Cannes do documentário "I am Because We Are", que escreveu e produziu (a realização é de Nathan Rissman (antigo jardineiro da estrela pop). I Am Because We Are acompanha as histórias de vida verdadeiras de crianças do Malawi que ficaram orfãs. O filme já elogiado pelo realizador Michael Moore, que convidou Madonna a participar no festival Traverse City Film, no próximo mês de Agosto.

Cartaz

EM CANNES ATÉ OS PEDINTES SÃO MUITO EXIGENTES

Durante o festival, Cannes é um sítio que funciona ainda em maior regime de excessos do que o que é normal numa estância de veraneio com os pergaminhos (e os preços) desta. Nada para admirar, tendo em conta que a cidade recebe o maior, mais lustroso e mais concorrido festival de cinema do mundo, e o que movimenta mais dinheiro em negócios, no Mercado do Filme, assim como em todas as actividades com ele relacionadas. A comecar pelo turismo, a continuar no comércio de artigos de luxo e por aí adiante.

Cartaz

Ao pé da Camorra os 'Sopranos' são um grupo de amadores

Lucros de meio milhão de euros por dia, um volume anual de negócios de 150 milhares de milhões de euros por, 25 mil "trabalhadores" e mais de 200 mil "dependentes", ligados a todas as actividades ilegais e legítimas possíveis e imagináveis. Os números da actividade da Camorra no Sul de Itália fariam o orgulho de Tony Soprano. Só que associados a estes há ainda outros números. Para cima de 4 mil pessoas assassinadas nos últimos 30 anos, mais do que o IRA, a ETA, a Máfia siciliana e a Cosa Nostra. Nas zonas de Nápoles e da Caserta, há uma morte violenta a cada três dias.