oncologia

Cancro

Infarmed rejeita acusações. Pareceres médicos indicam benefícios marginais de medicamento

A Autoridade do Medicamento respondeu à acusação do Colégio de Oncologia da Ordem dizendo que as autorizações para o acesso ao medicamento para o cancro são decididas com base no parecer de peritos médicos. Garante que já foram feitos mais de 1100 pedidos de autorização excecional, 859 aprovados.

Histórias de pessoas

Os IPO deviam ter "gabinetes de segurança social para doentes tratarem de problemas"

Margarida Cruz é diretora-geral da Acreditar. Acompanha há muito a realidade de pais que têm filhos com doença oncológica e fala ao DN dos desajustes da lei, das chefias menos compreensivas, dos problemas que chegam às instituições sem rostos e que acabam por ser resolvidos de forma cega. Aos pais que se confrontam com tudo isto a Acreditar procura dar algum "fôlego e conforto"

Helder Mansinho

Oncologia: o rastreio sistemático é fundamental

Cancro coloretal. Ouvir falar deste tipo de cancro é duplamente assustador para o cidadão comum. Pensar num carcinoma, por si só, abala; o facto de ser no intestino torna incómodo sequer reconhecer a doença. O que é péssimo: todos os anos 775 mil pessoas morrem no mundo devido ao cancro coloretal. De acordo com a OMS, este é o terceiro tipo de cancro mais prevalente, com 1,4 milhões de novos casos/ano. Portugal não foge à regra. Dados recentes do Registo Oncológico Regional (ROR) do Sul referem um aumento da incidência, sendo já mais frequente do que o cancro do pulmão.