Nuno Melo

Autárquicas 2017

Noite histórica

Os resultados eleitorais de 2017 demonstraram, em relação ao CDS, que as vitórias autónomas de 2013 não foram acaso, mas sim recomeço. Consolidaram a relevância autárquica que, por si, o partido teve sempre. E em tempos de singular maioria de esquerda, forçada pela "geringonça" na Assembleia da República, reforçaram a importância decisiva do CDS, para conquistas em coligações com o PSD em todo o país que, não fosse assim, dificilmente aconteceriam.