nuclear | Irão

Guardas de Revolução do Irão sobre Afeganistão

"Humilhante retirada" dos EUA marca início da saída das tropas norte-americanas da região

O general Mohamad Reza Naqdi​​​​​​, dos Guardas de Revolução do Irão, ​considerou que "a derrota e retirada dos EUA do Afeganistão não carece de uma análise complicada, já que o Império Britânico e a União Soviética também foram derrotados" no país e isso foi o início da queda dessas duas potências.

Entrevista a Anousheh Ansari

"Usei a bandeira iraniana no fato espacial por orgulho na minha cultura"

Fez fortuna nas telecomunicações e com esta financiou uma ida ao espaço em 2006. Anousheh Ansari agradece à América por todas as oportunidades, mas não esquece o Irão natal. Falou com o DN em Lisboa, onde esteve para participar no Glex Summit 2021, organizado pelo Clube de Exploradores de Nova Iorque e pela Expanding World, do português Manuel Vaz.

Opinião

Porque é que qualquer acordo de paz com o Israel é ilusório?

Al-Quds (Jerusalém) é a primeira qibla (a "direcção" para onde devem ser dirigidas as orações) de muçulmanos que tem sido ocupada pelo regime sionista desde 1948. A terra da Palestina foi testemunha de um dos incidentes mais prementes da história do Islão e do mundo contemporâneo. No dia em que a Nakba (a "catástrofe") prevaleceu em terras palestinianas e dominou a região da Ásia Ocidental, desde então tem praticamente acabado com o sossego e a tranquilidade para o seu povo. Durante mais de sete décadas da ocupação do território palestiniano, o regime sionista comprometeu-se e continuou a seguir esta política, construindo e expandindo colonatos sionistas e a desalojar a maioria dos palestinianos, profanando a mesquita de al-Aqsa, judaizando a cidade de Al-Quds e a Cisjordânia, mantendo o bloqueio da Faixa de Gaza, anexando ilegalmente os Montes Golã ocupado e procurando anexar grande parte da Cisjordânia.