noite

Lisboa

Câmara fechou seis espaços noturnos por suspeita de tráfico

À sexta e ao sábado, os bares e as ruas da noite lisboeta enchem-se desde o Bairro Alto ao Cais de Sodré, num movimento que avança cada vez mais para a zona de Santos. Fala-se português, francês, alemão e outros idiomas, frequentadores que não confessam insegurança. O que sublinham é o mercado das drogas que tem vindo a ganhar território, chegando a ser ostensivo. Autarcas, empresários e clientes, todos reclamam um maior policiamento