Nobel

Suécia

Jean-Claude e Katarina, o casal que obrigou a adiar o Nobel da Literatura por um ano

Era um casal conhecido na Suécia, no mundo não. Mas nos últimos seis meses saltou para as páginas de jornais. Jean-Claude Arnault e Katarina Frostenson estão na base do escândalo de suspeita de abuso sexual que interrompe numa rara vez o anúncio de quinta-feira na semana do Nobel. As escolhas polémicas da secretária permanente Sara Danius também criaram instabilidade