Premium

Premium

Futuros médicos

Prestes a "meter as mãos na massa", a covid-19 mandou-os para casa

Mais uns meses e Mar e Catarina estariam a enfrentar a covid-19 dentro de um hospital. São finalistas de Medicina, apesar do cancelamento de parte dos seus estágios finais. A prática do curso foi substituída por conversas através de um ecrã. Já José, a fazer o internato geral, teve de arregaçar as mangas no terreno. Este texto foi publicado originalmente no dia 13 de junho e faz parte de um lote de trabalhos relacionados com a covid-19 que o DN está a republicar.

Premium

infeção hospitalar

Lavagem das mãos está a baixar risco de infeção hospitalar em doentes

Em 2013, Portugal era o pior país da União Europeia no controlo da infeção hospitalar, dos que registavam maiores taxas de resistência aos antibióticos e dos piores no uso que fazia destes. Por dia, estimava-se que três doentes morriam com uma infeção deste tipo. Uma "fotografia" que "deixava mal o país". Mas, em seis anos, a fotografia mudou de cor. Portugal deixou de ser o pior e dos piores da Europa. O combate à covid-19 está a ajudar neste percurso e levará a mais mudanças.