Neurociências

Ciência

Empresas privadas integram consórcio

O projecto Solar Tiles (desenvolvimento de sistemas solares fotovoltaicos em coberturas e revestimentos cerâmicos) é apresentado como "inovador" em termos de tecnologia e investigação a "nível mundial" e envolve um consórcio de 9 entidades nacionais, sendo financiado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional. Tendo como base uma tecnologia "extremamente sofisticada", "desenvolvida à escala laboratorial" e como consequência um custo de investimento "muito elevado". No entanto, apesar dos custos actuais desta tecnologia, o negócio já suscita o interesse das empresas da área. É o caso da Revigrés, promotor deste consórcio, assim como a Dominó, empresas de revestimentos cerâmicos, mas também de outras, como de coberturas cerâmicas ou até o Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro. O Instituto Nacional de Engenharia, Tecnologia e Inovação, o Centro de Investigação em Materiais da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e a Agência para a Energia também integram o consórcio.