Nápoles

entrevista

Mário Rui: "Sinceramente não tenho esperanças em estar no Mundial"

Pedra basilar no apreciado Nápoles de Maurizio Sarri, Mário Rui é uma figura quase anónima no universo do futebol português. Para isso muito contribui o facto de estar há sete anos em Itália, os últimos dois passados em clubes de topo; primeiro a Roma e agora o já citado Nápoles, líder do campeonato italiano. Nesta entrevista ao DN, o defesa alentejano mostra muita compreensão com as escolhas de Fernando Santos mas no entanto não descarta totalmente a possibilidade de poder representar a Itália no futuro, pois está grato ao país que lhe deu projeção. Ao DN, Mário Rui conta como está a viver-se em Nápoles a atual época desportiva, aquela em que os adeptos sentem que podem quebrar o jejum de vitórias no campeonato e que data de 1990, numa altura em que o clube do Sul de Itália era capitaneado por um tal de Diego Armando Maradona.