ministro da saúde

Com "regras claras e transparentes"

Médicos aceitam concursos feitos por hospitais

O ministro da Saúde anunciou que a forma de contratar médicos vai deixar de ser por concursos nacionais para voltar a ser por "concursos institucionais" - cada hospital poderá contratar os profissionais que necessita com base no seu orçamento. Ao DN, o bastonário da classe e os dois sindicatos disseram aceitar esta mudança, mas desde que os concursos mantenham "caráter nacional" e "regras muito claras", cumprindo as das carreiras.