Migrações

Ferreira Fernandes

À volta de duas fotos

Na foto, do ano passado, uma imigrante clandestina hondurenha, presa na fronteira do rio Grande, já no Texas, é vasculhada por um guarda com luvas cirúrgicas. Procuro na foto assunto para pensar, porque trazer assuntos do mundo para pensarmos é uma das utilidades das boas fotos. Naquela, as caras de ambos não são vistas, da clandestina e do guarda fronteiriço. Mas às luvas conheço-as das séries policiais científicas. Hoje, as autoridades protegem-se mais e é justo, são servidores públicos. Num bolso de um suspeito pode haver um objeto cortante, sei lá.