Mário Machado

Militante nazi autorizado a combater na Ucrânia

"A juíza se calhar nem sabe quem é Mário Machado"

O Ministério Público deverá recorrer da decisão judicial que autoriza cadastrado nazi a combater na Ucrânia, até porque o quer em prisão preventiva. Magistrados ouvidos pelo DN reputam de ilegal a decisão de juíza Catarina Vasco Pires, de permitir a Machado que saia do país, e há quem fale de "licença para matar".