Maria Luís Albuquerque

OE2017

2017 será outro ano perdido

Portugal precisa de crescer, de crescer mais do que os seus parceiros europeus e de crescer sustentadamente. Porque precisa de convergir relativamente à Europa e porque os desafios da globalização só podem ser enfrentados devidamente por economias mais resilientes a choques. Porque os desafios da demografia e do Estado social que queremos preservar assim o exigem. Com uma herança pesada de dívida pública e privada, o crescimento só virá de reformas estruturais continuadas e de confiança interna e externa nas perspetivas do país.