Marchas de Lisboa

Marcha do Lumiar

Misto de alegria e nervos após dois anos de pausa

Com sete pinceladas de cor assim se "pinta" o ginásio da Escola Secundária do Lumiar, todas as noites, após dois anos de "descanso" nas festividades de Lisboa. Os "pintores" são os 50 marchantes da Marcha do Lumiar inspirados no tema "Lisboa e as setes colinas emolduradas p"lo arco-íris", da autoria de António Escolástico, uma figura conceituada no mundo artístico das Marchas Populares de Lisboa que, este ano, decidiu "ressuscitar" esta marcha, depois da desclassificação em 2010.

Marcha do Castelo

O namoro das típicas lavadeiras e dos soldados

"Lavadeiras e soldados no Castelo enamorados." Este é o tema que as Marchas do Castelo levam hoje ao MEO Arena (antigo Pavilhão Atlântico) e dia 12 à Av. da Liberdade. "Escolhemos as lavadeiras porque é algo tipicamente português, os soldados foi imposição do responsável que queria uma marcha com tambores e assim estão enamorados no castelo", explicou ao DN a ensaiadora. Ana Fonseca tomou as rédeas da marcha a meio do ano passado e conseguiu ficar em 6.º lugar. Agora diz estar "bastante contente com este grupo, há amizade e respeito e isso é fundamental para ganharmos". Ao seu lado encontra-se a pequena mascote do Castelo, Martim, seu filho, que aos 2 anos já marcha como os "grandes".