Jorge Conde

Jorge Conde

Aumento de candidatos = mais investimento no ensino superior

Pelo segundo ano consecutivo as candidaturas ao ensino superior batem recordes. São cada vez mais os jovens que pretendem continuar a estudar garantindo para si um futuro mais promissor. Sabemos há muito que a detenção de uma formação superior é um elevador que garante melhor reconhecimento social e melhor remuneração. Este aumento dos candidatos e consequentemente dos inscritos no ensino superior é também um sinal de que os jovens e as suas famílias estão mais confiantes no País e no seu futuro. As instituições de ensino superior são também merecedoras deste reconhecimento das famílias, pela qualidade com que têm demonstrado ser capazes de responder aos anseios dos que querem estudar e também às necessidades de formação das empresas e instituições dos mais variados setores da economia.

Jorge Conde

Berço, educação e corrupção

Nas últimas semanas (ou nos últimos anos) temos assistido sucessivamente a um conjunto de notícias sobre condenações, audições parlamentares e outros apontamentos relativos a figuras públicas, nomeadamente ligadas à banca e ao desporto, na sequência de dívidas de milhões de que mal se lembram, que não se incomodam de ter contraído nem tão pouco têm como preocupação pagar. Se a contração de dívidas até pode ser vista como um percalço na vida de um empresário ou de um gestor, já a total e completa ausência de preocupação pelo facto, a não assunção de culpa, o desprezo pelo apuramento da verdade e a ausência de arrependimento são um problema de falta de berço e de educação.