João Vieira Lopes

João Vieira Lopes

Marcas próprias – Ter ou não ter, eis a questão

Criar uma marca é desenvolver uma estratégia de diferenciação, o que inevitavelmente torna as empresas mais competitivas, pois, se fizerem as escolhas certas, estão a conquistar e a fidelizar o cliente final. Ultimamente, temos assistido a um aumento constante do número de empresas que procuram a sua própria identidade, traduzindo-se no crescimento e na evolução das marcas próprias e da sua gama de produtos. São cada vez mais os operadores comerciais da área do grande consumo que investem neste tipo de negócio - segundo a edição de 2021 do International Private Label Yearbook publicada pela Private Label Manufacturers Association, Portugal apresenta atualmente um mercado robusto no âmbito das marcas de distribuição, que já representam 43% dos produtos disponíveis, sendo mesmo líderes em várias categorias.