Jan Zielonka

Jan Zielonka

A contenda da UE com a AstraZeneca: cinco lições

A União Europeia (UE) foi humilhada pela AstraZeneca e pelo Reino Unido. Enquanto Boris Johnson está a gozar o seu "momento Malvinas" (a manchete do Mail on Sunday), a UE está a lamber as feridas causadas por um comportamento bem-intencionado, mas incompetente, das autoridade da UE. A batalha não deve ser vista em termos de relações públicas. Uma vez que a perspetiva de obter as vacinas prometidas dentro do prazo é sombria, os custos são principalmente humanos e económicos. Não tinha de ser assim e devemos tirar algumas lições desta experiência dececionante.

Exclusivo

Jan Zielonka

A democracia e o Brexit

"Reina o Caos" declarou enfática e acertadamente o Daily Mail. Esta é uma má notícia não só para o Reino Unido, mas também para todo o continente. Após meses de negociações prolongadas, ainda não sabemos se o Reino Unido sairá realmente da União Europeia e, em caso afirmativo, em que termos. Parece que estaremos preocupados, senão obcecados, com o Brexit por um período indefinido, negligenciando muitos outros assuntos prementes.

Exclusivo

Jan Zielonka

A política na era do caos

As cimeiras do G20 foram criadas para compensar os fracassos das Nações Unidas. Depois da cimeira da semana passada na Argentina, sabemos que o G20 dificilmente produzirá milagres. De facto, as pessoas sentadas à mesa de Buenos Aires são em grande parte responsáveis pelo colapso da ordem internacional. Roger Boyes, do Times de Londres, comparou a cimeira aos filmes de Francis Ford Coppola sobre o clã Corleone: "De um lado da mesa em Buenos Aires, um líder que diz que não cometeu assassínio, do outro, um líder que diz que sim. Há um presidente que acabou de ordenar o ataque a navios de um vizinho, o que equivale a um ato de guerra. Espalhados pela sala, uma dúzia de outros estadistas em conflito sobre fronteiras, dinheiro e influência. E a olhar um para o outro, os dois arquirrivais pretendentes ao lugar de capo dei capi, os presidentes dos Estados Unidos e da China. Apesar das aparências, a maioria dos participantes da cimeira do G20 do fim de semana não enterrou Don Corleone, mas enterrou a ordem liberal."

Opinião

Os líderes britânicos perderam o norte

Os britânicos veem-se como pessoas pragmáticas e sensatas. No entanto, a sua classe política está a passar atualmente por um período de grande agitação que raia a histeria. São três as questões que estão a causar esta situação neurótica: o brexit, os Papéis do Paraíso e as revelações de assédio sexual. Todas elas têm vindo a provocar debates emocionais que deixam pouco espaço à razão e têm dividido os partidos, as empresas e a comunicação social. Elas revelaram o caos dentro do gabinete de Theresa May, que parece desligada e descontrolada. São notícias muito perturbadoras para o resto da Europa. É difícil negociar um novo quadro de relações mútuas com um parceiro à beira de uma crise de nervos.