Jair Bolsonaro

Leonídio Paulo Ferreira

A direita brasileira e o pós-Bolsonaro

Vitória à justa de Lula da Silva nas presidenciais de outubro; exílio voluntário do ex-presidente Jair Bolsonaro nos Estados Unidos no fim de dezembro, em vésperas da tomada de posse do sucessor; invasão da Praça dos Três Poderes em Brasília, em janeiro, por manifestantes bolsonaristas, descontentes com o resultado eleitoral. Não se pode negar que a política no Brasil tem estado agitada nos últimos meses, e a opinião pública muito dividida em relação a este regresso do ex-metalúrgico ao poder, duas décadas após a sua primeira eleição. Mas o que prometem estes quatro anos até às novas presidenciais continua a gerar dúvidas. Bolsonaro, antigo capitão do Exército que, depois de muitos anos como deputado polémico, mas pouco relevante, se fez eleger presidente em 2018, tem hipótese de regressar ao país, liderar a direita e, de novo encarnando o sentimento anti-Lula e anti-esquerda de boa parte dos brasileiros, ser candidato em 2026?

Jair Bolsonaro

Brasil: Grupo de deputados italianos pede que seja retirada cidadania honorária a Bolsonaro

Desde o ataque aos gabinetes da Presidência, do Congresso e do Supremo Tribunal Federal no domingo, a origem italiana de Bolsonaro tornou-se motivo de debate político naquele país europeu, tanto que o ministro das Relações Exteriores, Antonio Tajani, teve de desmentir que se estivesse a pensar conceder-lhe a nacionalidade italiana.