Instituto de Medicina Legal

Covid-19

IML faz autópsias virtuais a corpos infetados e cujas mortes são suspeitas

O Instituto Nacional de Medicina Legal e das Ciências Forenses está a fazer autópsias virtuais a cadáveres com covid, assim como nas mortes violentas ou com suspeitas de crime. "É uma alternativa eficaz em tempos de pandemia, protege os profissionais." No entanto, até outubro, o instituto fez menos 701 autópsias em relação a 2019. Não porque tenha havido menos mortes suspeitas, mas porque há menos pedidos do Ministério Público.