Índia

Opinião

Obrigado, Portugal!

A recentemente concluída histórica Cimeira de Líderes Índia-UE, com a bela cidade do Porto como pano de fundo, ainda que em formato virtual, mostrou mais uma vez a liderança prospetiva de Portugal e a sua capacidade de promover e intensificar os laços entre a Índia e a UE. A reunião entre o PM Narendra Modi e os líderes dos 27 Estados membros da UE espelhou a ambição partilhada de aprofundar a parceria estratégica. Esta reunião de alto nível foi extremamente simbólica, uma vez que ocorreu durante a vibrante e crucial presidência portuguesa do Conselho da UE. Convém recordar que a primeira Cimeira Índia-UE foi realizada em Lisboa, em 2000, quando Portugal presidia ao Conselho da UE, tendo relançado o relacionamento entre a Índia e Portugal, arraigado na história, e conferindo-lhe uma base contemporânea. Vinte e um anos depois, e tendo por base a recente 15.ª Cimeira Índia-UE, em 2020, e o Diálogo de Alto Nível sobre Investimento e Comércio, esta cimeira mostrou os dois governos a trabalharem em conjunto, com uma visão clara e de longo prazo.

Entrevista a João Paulo Gomes

"União Europeia devia reforçar o controlo de fronteiras com a Índia"

O microbiologista do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, João Paulo Gomes, disse na reunião do Infarmed que Portugal já identificou seis casos da variante indiana. Estima-se que já esteja em 20 países. Se não forem tomadas medidas preventivas, será muito difícil evitar novas infeções. "Portugal está numa situação ótima e não pode perigar esta fase", diz em entrevista.