Herman José

Herman José

Nicolau Breyner "se fosse rico, estava vivo e feliz"

Numa entrevista franca com Rui Unas, Herman José falou sobre a relação dos artistas com o dinheiro e da sua influência nas suas vidas. O nome de Nicolau Breyner rapidamente surgiu na conversa. A vida de um artista em Portugal é muito feita, na sua generalidade, de preocupações. Com o dinheiro. A ponto de o comediante alemão, um dos mais reconhecidos na nossa praça, reconhecer que "não há artistas ricos em Portugal." "O artista em Portugal é só a ponta do icebergue. Falta o resto. Quando a ponta do icebergue avaria, não há nada em baixo. Acabou"

O INQUÉRITO DO NILTON A HERMAN JOSÉ

"Bolas-de-berlim só as da Merkel, não há fuga possível"

Herman Kripahl José nasceu em Lisboa a 19 de março de 1954. Filho de pai alemão e espanhol e de mãe portuguesa, Herman José é por muitos considerado como o "pai" do humor em Portugal. Aos quatro anos já protagonizava os filmes do pai, cineasta amador. Aos cinco entrou para o Kindergarten (jardim-infantil), da (Escola Alemã de Lisboa). Era aluno mediano, mas brilhante nas áreas artísticas. À medida que foi tendo os primeiros contactos com o teatro e a música, o seu futuro foi desenhando-se e estreia-se como ator em outubro de 1974, no Teatro ABC.