guy verhofstadt

Opinião

Tecnologia versus democracia

O Instagram, uma plataforma de partilha de fotografias que é propriedade do Facebook, cedeu recentemente a uma exigência do governo russo para que retirasse publicações do líder da oposição Alexey Navalny relativas a má conduta por parte do vice-primeiro-ministro russo Sergei Prikhodko. Num vídeo do YouTube que obteve quase seis milhões de visualizações (e que ainda está disponível), Navalny mostra Prikhodko a conversar com o oligarca Oleg Deripaska num iate na Noruega, onde ele alega que ocorreu suborno.