guerra fria

Opinião

Não, não voltámos à Guerra Fria. Ponham China nisto

Americanos e russos estão em campos opostos na Venezuela, na Ucrânia e na Síria, mas isso está longe de significar um regresso à Guerra Fria. E também não é preciso interpretar nesse sentido a recente retirada americana do INF, o tratado que limita as Forças Nucleares de Alcance Intermédio, assinado no tempo da União Soviética entre Ronald Reagan e Mikhail Gorbachev.