gelo

1864

O gelo do Montejunto que abastecia os reis de Portugal

No topo da Serra de Montejunto, 600 metros acima do nível do mar, virada a norte, numa zona fria e húmida ergueu-se a Real Fábrica do Gelo. Durante cerca de 120 anos dali saiam blocos de gelo que refrescavam a corte e, mais tarde, os cafés mais chiques de Lisboa. Em 1850, com a invenção do frigorífico, entrou em declínio. Se não fosse o eletrodoméstico, seriam as alterações climáticas a ditar o seu fim. Texto de Marina Almeida | Fotografias de Orlando Almeida/GI Este sítio estava condenado a derreter-se na memória coletiva. Durante mais de cem anos, nos tanques da [...]