fascismo

Opinião

O "museu Salazar", afinal, vai para a frente?

Leio, agora, no sítio do Jornal do Centro: as obras de requalificação da Escola Cantina Salazar estão a arrancar. O presidente da Câmara de Santa Comba Dão justifica assim o investimento de 150 mil euros na recuperação deste edifício: "Para que, no futuro, possa vir ali a ser alojado o Centro Interpretativo do Estado Novo não podíamos deixar degradar mais este edifício".

Dossier - A revolução de Abril

Novos desafios dos media

Para quem não viveu esses tempos, é difícil descrever o regime imposto aos media antes de 1974. Não se tratava apenas de uma censura prévia discricionária, cujos executores cortavam tudo aquilo que directa ou implicitamente sugerisse alguma divergência com o regime. Havia ainda fortes limitações à liberdade de criação de jornais e, sobretudo, um clima de autocensura, pragmaticamente assumida pela generalidade dos jornalistas, que queriam evitar conflitos entre jornais e censores, que só prejudicaria a imprensa.