extremadura

Leonídio Paulo Ferreira

Extremadura é muito mais do que ir comprar caramelos a Badajoz

É sempre às 11 da noite que começam as peças do Festival de Teatro Clássico de Mérida. Por um lado, o calor do verão fica mais suportável, por outro, a beleza das ruínas romanas da antiga capital da Lusitânia ganha com o jogo de luzes magia extra. Para mim, assistir, como neste fim de semana, a atores a citar as palavras de Ovídio, autor latino de há dois mil anos, é a melhor experiência que tenho da Extremadura, esta região espanhola vizinha do Alentejo e das Beiras.