Escola

Ana Pina, diretora da Escola Secundária Fernão Mendes Pinto, em Almada.
Premium

Educação

"Houve quem tivesse perdido a única âncora, que era a escola"

A maioria dos alunos portugueses só volta à escola em setembro. Que impacto terão quatro meses de ensino à distância e seis de afastamento físico no futuro da escola e dos miúdos? E como tem sido a experiência? Foi o que perguntámos a Ana Pina, diretora da Escola Secundária Fernão Mendes Pinto, em Almada, uma das cinco escolas portuguesas que participaram numa recente reunião da OCDE sobre o futuro da educação.